Jackpot Fishing

PUBLICIDADE

Cidades

Jackpot Fishing - Suspeito por morte de mulher em suposto ritual era palhaço de circo e virou pai de santo em quilombo

Francisco Carlos da Rosa Guedes, ex-palhaço de circo, está sob investigação por brutal assassinato durante ritual religioso

13 fev2024 - 12h19
Compartilhar
Exibir comentários

Francisco Carlos da Rosa Guedes, conhecido como Chico Guedes, de 65 anos, está sob investigação como suspeito do brutal assassinato de Zilda Correa Bittencourt, de 58 anos, durante um ritual religioso. Preso desde sábado (10), Chico Guedes era um ex-palhaço de circo que se tornou pai de santo no Quilombo Passo dos Maia.

Foto: Reprodução / Porto Alegre 24 horas

Natural de Cachoeira do Sul, Francisco teve uma carreira marcada pela atuação nos circos itinerantes como palhaço, encantando o público. No entanto, sua vida tomou um rumo sombrio, levantando questionamentos sobre o lado obscuro de suas práticas religiosas.

Residente no Quilombo Passo do Maia, Chico Guedes realizava rituais religiosos e atendia o público como pai de santo. Seus perfis nas redes sociais indicam sua trajetória como artista de circo, inclusive com fotos vestido de palhaço. A polícia está investigando o crime e coletando depoimentos para entender as motivações e se outras pessoas estavam envolvidas.

Após a morte de Zilda Bittencourt, quatro suspeitos foram detidos, incluindo os irmãos Larry Chaves Brum e Nayana Rodrigues Brum, além do líder

quilombola Jubal dos Santos Brum. Este, pai de Larry e Nayana, apresentou-se na delegacia de polícia acompanhado de uma advogada. O pai de santo Francisco Guedes foi capturado na residência de Jubal, onde foi acolhido ao ir morar no município. O marido e o filho de Zilda foram ouvidos como testemunhas do caso.

A defesa de Jubal e dos filhos alega a inocência deles na morte de Zilda, atribuindo a responsabilidade a Chico Guedes. No entanto, até o momento, o pai de santo não apresentou advogado de defesa. A investigação está a cargo da delegada Carla Dolores Castro de Almeida, de Formigueiro, e mais detalhes não foram divulgados. O corpo de Zilda Bittencout foi sepultado no início da noite de sábado no Cemitério de Bom Retiro, em Restinga Sêca.

Jackpot Fishing
Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Jackpot Fishing Mapa do site

1234