Jackpot Fishing

PUBLICIDADE

Argentina

"Campeão de tudo" aos 23 anos, Julian Álvarez tem média de um título a cada 17 jogos

23 dez2023 - 10h23
Compartilhar
Exibir comentários

O título do Mundial de Clubes da Fifa, conquistado pelo Manchester City na última sexta-feira sobre o Fluminense após uma goleada de 4 a 0 na final, foi especial para o atacante Julian Álvarez — e não só pelos dois gols. Com a taça, o argentino entrou para um seleto grupo de jogadores "campeões de tudo".

Aos 23 anos de idade, o jogador tem média de um título a cada 17 partidas disputadas. Em seu currículo, possui conquistas mundiais por clube e seleção, além de ter levantado troféus no âmbito continental tanto na Europa quanto na América do Sul.

Assim, o jovem atleta se junta a Dida e Cafu como únicos a vencerem a Copa do Mundo, Copa América, Copa Libertadores, Liga dos Campeões e Mundial de Clubes.

Revelado pelo River Plate, Álvarez acumula 224 jogos na carreira e 13 títulos. Pelo clube argentino, ganhou a Libertadores (2018), o Campeonato Argentino (2021), o Troféu dos Campeões da Argentina (2021), a Supercopa Argentina (2019/20) e a Copa Argentina (2018/19).

Já pela seleção da Argentina, o atacante conquistou a Finalíssima (2022), a Copa América (2021) e a Copa do Mundo (2022). Por fim, pelo Manchester City, foi campeão da Liga dos Campeões (2022/23), Mundial de Clubes (2023), Supercopa da Europa (2023), Campeonato Inglês (2022/23) e Copa da Inglaterra (2022/23).

Além disso, Julian Álvarez se destaca pelos números que entrega em campo. Segundo o Sofascore, são 88 gols e 38 assistências na carreira. Dessa forma, participa de um tento a cada 110 minutos jogaods. São, também, 365 chutes, sendo 210 na meta, e 340 passes decisivos.

Gazeta EsportivaGazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Jackpot Fishing Mapa do site

1234