Jackpot Fishing

PUBLICIDADE

Duilio compara gestão do Corinthians com as de Palmeiras e Flamengo: "Única diferença é falta de títulos"

10 nov2023 - 15h07
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente Duilio Monteiro Alves, do Corinthians, comparou a gestão do Timão com as administrações de clubes como PalmeiraseFlamengo, considerados exemplos no futebol brasileiro nos últimos anos. Na visão do mandatário do Alvinegro, o único fator que diferencia os três clubes é a ausência de títulos por parte do Alvinegro.

Foto: ( Rodrigo Coca/Corinthians) / Gazeta Esportiva

"Os times que você falou tiveram sucesso no campo, essa é a diferença. Flamengo fez sua lição de casa lá atrás, no Palmeiras a dívida não vai ser tão diferente, é do mesmo patamar. O Corinthians tem muito crédito hoje pelo trabalho que foi feito. O crédito do Corinthians no mercado está aí, só ver a receita, as empresas que investiram no clube. Infelizmente, não tivemos sucesso no campo, títulos. Nos primeiros dois anos tivemos bons resultados, este ano fizemos escolhas que não deram certo. Nesses últimos três anos a única diferença para Flamengo e Palmeiras é a falta de títulos", comentou Duilio em debate organizado pelo próprio clube com a Gazeta Esportiva e outros veículos de comunicação.

O último título do Corinthians foi conquistado em 2019, com o Campeonato Paulista. Depois disso, o mais próximo que o Timão ficou de levantar uma taça foi em 2020 e 2022, quando foi vice do Paulistão e da Copa do Brasil, respectivamente.

Palmeiras e Flamengo têm dividido o protagonismo do futebol brasileiro nos últimos anos, com gestões elogiadas pela opinião pública, pelo menos do ponto de vista administrativo. No campo, o Verdão é o atual campeão brasileiro e conquistou um bicampeonato de Libertadores (2020 e 2021), e de Campeonato Paulista (2022 e 2023), além de uma Copa do Brasil (2020).

O Flamengo também conseguiu conquistas impactantes, como o bicampeonato do Brasileirão (2019 e 2020) e da Libertadores (2019 e 2022). Mais recentemente, o clube também se sagrou campeão da Copa do Brasil em cima do próprio Corinthians, no final de 2022.

Duilio defende que sua gestão foi boa do ponto de vista da administração das dívidas, mas que pecou no futebol, especialmente no último ano, com escolhas equivocadas.

"Sendo muito sincero, lógico que não ganhar título em clubes desse tamanho não é positivo. Mas dentro do prometido, do que era necessário para o Corinthians, acho que o primeiro ano foi bom, foi o que deu mais trabalho, de reconstrução. O segundo acho que foi muito bom, sem contar futebol. E o último foi excelente. Levando em conta futebol foram dois primeiros anos bons e o último péssimo. Estamos conseguindo mais do que pensávamos na parte de gestão, de organização interna", disse Duilio.

O atual presidente do Corinthians está em final de mandato e organizou esse debate para esclarecer pontos de sua gestão ao torcedor corintiano. No dia 25 de novembro, Augusto Melo (oposição) e André Negão (situação) concorrerão ao pleito e, a partir de 2024, um dos dois iniciará um novo comando no clube para o próximo triênio.

Gazeta EsportivaGazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Jackpot Fishing Mapa do site

1234