Jackpot Fishing

PUBLICIDADE
Logo do Seleção Brasileira

Seleção Brasileira

Favoritar Time

Jackpot Fishing - Brasil vence Venezuela e mantém vivo sonho da vaga Olímpica

Resultado positivo passou pelos pés de Endrick, que participou dos dois gols brasileiros

8 fev2024 - 22h07
(atualizado às 22h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Brasil enfrenta a Venezuela no Pré-Olímpico
Brasil enfrenta a Venezuela no Pré-Olímpico
Foto: Joilson Marconne/CBF / Esporte News Mundo

Sob pressão no Pré-Olímpico, o Brasil venceu a Venezuela por 2 a 1 nesta quinta-feira (8), em Caracas, e manteve viva a chance de uma vaga nas Olimpíadas. Os gols marcado por Mauricio e Guilherme Biro, no fim da partida, deixam o time em segundo lugar no quadrangular final, restando apenas a partida contra a Argentina, domingo.

Os gols sairam na segunda etapa. Primeiro com Mauricio, aproveitando bola solta na área, após Endrick escorar na segunda trave. A Venezuela empatou com Bolívar, mas ainda havia tempo para Guilherme Biro, recebendo passe de Endrick, garantir a vitória.

O Brasil volta a campo do domingo (11), contra a Argentina. Um empate pode classificar o Brasil, dependendo do resultado entre Venezuela e Paraguai.

O JOGO

O Brasil começou a partida no ataque e logo aos três minutos teve boa chance: troca de passes rápida e precisa entre Pec, Endrick e Maurício, que achou John Kennedy. O jogador do Fluminense bateu de primeira, a bola passou pelo goleiro, mas o zagueiro Vivas tirou de cabeça.

A dona da casa tentou reagir e assustou com um chute de fora de área de Segovia. Mycael espalmou.

Em um lance confuso aos 24 minutos da primeira etapa, Endrick roubou a bola na área e foi derrubado. O árbitro apitou sem muita convicção, deixando dúvida se marcou pênalti ou falta de ataque. No fim, houve impedimento brasileiro.

No final da primeira etapa, um lance polêmico. Enquanto os jogadores discutiam com o árbitro uma entrada dura sobre John Kennedy no meio-campo, Gabriel Pec, mais na lateral, foi agredido por Renné Rivas. O VAR não pediu revisão e os brasileiros ficaram na bronca.

Na segunda etapa, a Venezuela quase abriu o placar logo aos 5 minutos. Confusão na área brasileira e Kelsy ia empurrando para dentro do gol. Arthur Chaves, bem posicionado, tirou e cima da linha.

O gol do Brasil saiu pouco tempo depois. Aos 11 minutos, Endrick escorou na segunda trave e Gabriel Pec tentou a finalização, travado pela zaga. A bola sobrou para Mauricio, que finalizou e balançou a rede da vinotinto. Foi o primeiro gol dele pela seleção olímpica.

A vantagem durou pouco. Em nova chegada da Venezuela, aos 21 minutos, Bolívar aproveitou o escorregão do zagueiro Arthur Chaves e acertou um forte chute no bico da pequena área, sem chance de defesa.

A Venezuela chegou a virar a partida com um belo gol de Lacava, completando um contra-ataque bem trabalhado, mas o VAR percebeu que um atacante venezuelano se abaixou no momento do chute e anulou o gol, entendendo que o atleta participou da jogada.

Quase no fim do jogo, saiu o gol que tirou o Brasil do sufoco. Endrick encontrou um passe açucarado para Guilherme Biro, que avançou e finalizou com segurança, por baixo do goleiro venezuelano.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Jackpot Fishing Mapa do site

1234