Jackpot Fishing

Patrocínio

Jackpot Fishing - conceito, objetivos e exemplos

Entenda como o desenvolvimento sustentável é fundamental para a sobrevivência das futuras gerações e como ele interfere em nosso dia a dia.

18 ago2023 - 05h00
Investimento em energia eólica é um exemplo de desenvolvimento sustentável
Investimento em energia eólica é um exemplo de desenvolvimento sustentável
Foto: Rafa ibanez / iStock

O desenvolvimento sustentável é um conceito presente na sociedade que propõe que seu desenvolvimento econômico, político e social seja feito de acordo com boas práticas, que estejam em harmonia com o meio ambiente.

Sua definição foi decidida em 1987, na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, e está registrada no no Relatório Nosso Futuro Comum. Desde então, tem sido divulgada internacionalmente, sendo utilizada para a elaboração de políticas sociais, econômicas, planos de governo e outras diretrizes importantes para a causa ambiental. 

Publicidade

O que é desenvolvimento sustentável?

O desenvolvimento sustentável é um conceito que promove a harmonia e a proteção ambiental por meio do desenvolvimento econômico, social e político de cidades, estados e países, usando, sem comprometer, os recursos disponíveis e garantindo que existam maneiras de suprir as necessidades que as próximas gerações terão desses recursos.

Ou seja, o desenvolvimento sustentável é uma maneira de garantir que recursos sejam bem cuidados e explorados apenas o necessário, possibilitando que eles estejam disponíveis para garantir a sobrevivência das gerações futuras.

Quais são os princípios do desenvolvimento sustentável?

Para que seja possível promover ações que garantam uma sociedade mais justa e igualitária para a geração atual e para as futuras, o desenvolvimento sustentável é regido por três princípios:

  • O desenvolvimento econômico;
  • O desenvolvimento social;
  • A conservação ambiental.

Esses princípios se trespassam, já que cada um deles tem duas vertentes para garantir o desenvolvimento sustentável.

Publicidade
  • O desenvolvimento econômico tem como vertentes a inclusão social e a ecoeficiência;
  • O desenvolvimento social tem como vertentes a inclusão social e a justiça socioambiental;
  • A conservação ambiental tem como vertentes a justiça socioambiental e a ecoeficiência.

Quais os objetivos do desenvolvimento sustentável?

Além de ter princípios, o desenvolvimento sustentável também tem objetivos traçados.

Os objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) foram definidos em 2015, em uma negociação na Assembleia Geral das Nações Unidas, onde 193 países — incluindo o Brasil — concordaram com o acordo.

Os 17 objetivos do desenvolvimento sustentável são:

  1. Erradicação da pobreza: Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares;
  2. Fome zero e agricultura sustentável: Acabar com a fome, conquistar a segurança alimentar e melhorar a nutrição, promovendo agricultura sustentável;
  3. Saúde e bem-estar: Assegurar e promover a saúde e o bem-estar para todos, em todas as idades;
  4. Educação de qualidade: Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, promovendo oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos;
  5. Igualdade de gênero: Promover a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas;
  6. Água limpa e saneamento: Garantir disponibilidade de água e saneamento para todos;
  7. Energia limpa e acessível: Garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável — como a energia eólica — e renovável para todos;
  8. Trabalho decente e crescimento econômico: Promover o crescimento econômico sustentável e inclusivo, garantindo emprego pleno e produtivo, e o trabalho decente para todos;
  9. Indústrias, inovação e infraestrutura: Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação;
  10. Redução das desigualdades: Reduzir as desigualdades dentro e entre os países;
  11. Cidades e comunidades sustentáveis: Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis;
  12. Consumo e produção responsáveis: Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis;
  13. Ação contra a mudança global do clima: Tomar e priorizar medidas para combater a mudança climática, seus impactos e promover a ecologia;
  14. Vida na água: Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares, e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável;
  15. Vida terrestre: Proteção, recuperação e promoção do uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerenciar de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Jackpot Fishing e deter a perda da biodiversidade;
  16. Paz, justiça e instituições eficazes: Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis;
  17. Parcerias e meios de implementação: Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Como é o desenvolvimento sustentável no Brasil?

O Brasil tem como uma de suas prioridades o desenvolvimento sustentável e, para garantir isso, tem criado documentos e se destacado em eventos que promovem assuntos relacionados ao meio ambiente.

Além disso, o país vê como prioridade a superação de desigualdades sociais e econômicas, criando políticas e ações para promover essa diretriz.

O Brasil também é um dos principais responsáveis pela aprovação de diversos documentos internacionais de destaque e relacionados ao meio ambiente, como a Agenda 21, a Declaração de Princípios sobre Florestas e as Convenções sobre Biodiversidade, sobre Mudança Climática e sobre Desertificação.

Publicidade

Foi no país que foram promovidos importantes eventos para a preservação do meio ambiente e a promoção do desenvolvimento sustentável, como a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável e, mais recentemente, a Cúpula da Amazônia, que reuniu líderes de diversos países para discutir meio ambiente e políticas para sua preservação em Belém, no Pará.

Nessa cúpula, oito países assinaram a Declaração de Belém, que criou uma Aliança Amazônica de Combate ao Desmatamento e estabeleceu objetivos para isso em cada país. No Brasil, a meta é que o desmatamento seja zerado até 2030. Em 2025, a COP-30 será realizada em Belém.

Quais são os exemplos do desenvolvimento sustentável?

O desenvolvimento sustentável pode ser colocado em ações que promovem tanto a preservação do meio ambiente quanto a igualdade social e econômica. 

Entre os exemplos de ações que promovem o desenvolvimento sustentável que podem ser vistos em nosso dia a dia estão:

  • Promoção da reciclagem e reutilização de materiais;
  • Evitar desperdícios e usos em excesso;
  • Investimento e uso de fontes de energia renovável;
  • Uso consciente dos recursos naturais;
  • Reflorestamento de locais desmatados;
  • Preservação de bens naturais;
  • Preservação e promoção da dignidade humana;
  • Mudança nas formas de consumo, buscando melhorá-las e promover o consumo sustentável;
  • Promoção de programas e ações ambientais para a conscientização da população;
  • Criação de políticas eficazes voltadas para o desenvolvimento sustentável.

Como o desenvolvimento sustentável pode ser aplicado no dia a dia?

O desenvolvimento sustentável pode ser colocado em prática no dia a dia por meio de ações que promovam e espalhem os seus objetivos. 

A maioria dessas ações são simples de serem feitas e podem facilmente serem colocadas nas rotinas das pessoas e das empresas!

Publicidade

Entre as ações que podem ser aplicadas para promover o desenvolvimento sustentável no dia a dia estão:

  • Economizar energia, tirando da tomada os eletrodomésticos que não estão sendo utilizados no momento e apagando as luzes de cômodos vazios, e preferindo lâmpadas fluorescentes, que consomem menos energia do que as incandescentes;
  • Reduzir o consumo de água, fechando a torneira na hora de escovar os dentes e lavar a louça;
  • Utilizar transportes coletivos, sustentáveis, como bicicletas, ou combinar caronas com seus amigos;
  • Cuidar do meio ambiente ao promover o plantio de árvores e plantas, ajudando a reduzir a emissão de carbono;
  • Adotar embalagens e sacolas sustentáveis para enviar mercadorias ou carregar compras;
  • Evitar o desperdício de comida, utilizando todo o vegetal, fruta ou legume e preferindo servir porções menores para que menos comida acabe indo para o lixo;
  • Reduzir a quantidade de impressões, como jornais e cadernos, preferindo utilizar computadores, tablets e até mesmo celulares para fazer leituras;
  • Não jogar lixo nas ruas, evitando a poluição das cidades;
  • Separar o lixo, adotando a coleta seletiva. 
Fonte: Redação Jackpot Fishing
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações
Jackpot Fishing Mapa do site

1234