Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - Espécies inéditas de tubarão primitivo são encontradas em cavernas

O complexo de cavernas Mammoth, nos EUA, contém cemitério de tubarões muitíssimo bem preservados — novo estudo identificou novas espécies do Período Carbonífero

7 fev2024 - 21h22
(atualizado em 8/2/2024 às 12h19)

Paleontólogos encontraram duas novas espécies primitivas de tubarão em um antigo cemitério desses grandes peixes, nos Estados Unidos, próximo à costa dos estados de Kentucky e Alabama. Um dos ancestrais dos tubarões foi descrito como uma espécie totalmente nova — Troglocladodus trimblei — e o outro já era conhecido — Glikmanius careforum.

Foto: Benji Paynose/National Park Services / Canaltech

A descoberta foi através do Sistema Nacional de Parques do país, que possui um programa de paleontologia, e estudava a Caverna Mammoth e sítios no norte do Alabama. Como não ficaram expostos às intempéries, os fósseis de 325 milhões de anos ficaram incrivelmente bem preservados, mas ainda não puderam ser retirados, já que as passagens são estreitas, e os restos, frágeis.

Publicidade
Dois Troglocladodus trimblei nadando com alguns ortocones ao fundo (Imagem: Benji Paynose/National Park Services)
Foto: Canaltech

O sistema de cavernas Mammoth é o maior do mundo, contendo 676 km de extensão, e, pelas suas condições propícias, preserva um verdadeiro cemitério de tubarões. Acredita-se que ambos os tubarões predadores nadassem e caçassem na costa de um antigo mar que conectava a América do Norte, a Europa e o norte da África, desaparecendo quando os continentes colidiram na formação da Pangeia e levando os fósseis para o interior dos EUA.

Ancestrais primos dos tubarões

Estima-se que ambas as espécies chegavam a ter entre 3 e 3,6 metros de comprimento, com dentes semelhantes a garfos, no caso do T. trimblei. Seu nome vem daí: Troglocladodus significa "dente que se ramifica como uma caverna". Já trimblei homenageia Barclay Trimble, superintendente da Caverna Mammoth, que encontrou o primeiro fóssil da espécie em 2019.

Já o G. careforum tinha uma mordida poderosa que o permitia comer outros tubarões, peixes ósseos e ortocones, um tipo de cefalópode com câmara ancestral das atuais lulas. Nadadores ágeis e rápidos, os tubarões primitivos tinham um comportamento semelhante ao de algumas espécies modernas, como o tubarão-limão (Negaprion brevirostris) e o Tubarão-cinzento-dos-recifes (Carcharhinus amblyrhynchos).

Ambos ctenacantos, ou seja, antigos primos dos tubarões modernos, os animais marinhos viveram durante o Período Carbonífero, entre 359 milhões e 299 milhões atrás. Segundo o Parque Nacional da Caverna Mammoth, além de ser uma espécie nova, o T. trimblei consiste de um gênero inteiramente novo de tubarão, e o fóssil do G. careforum, apesar de representar uma espécie conhecida, mostrou que a espécie surgiu 50 milhões de anos antes do que pensávamos.

Publicidade

Fonte:National Park Services,Journal of Vertebrate Paleontology

Trending no Canaltech:

Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações
Jackpot Fishing Mapa do site